Uruguai promove mostra de cinema em São Paulo

Uruguai promove mostra de cinema em São Paulo. O Consulado Geral do Uruguai em São Paulo, em parceria com Instituto Cervantes, exibe a mostra gratuita de cinema uruguaio com os cinco longas-metragens mais importantes dos últimos anos.   O evento, que acontece de 21 a 25 de agosto, traz ao público paulista o charme, a delicadeza e humor dos filmes do país vizinho. Dentre os longas-metragens, estão dois do renomado diretor uruguaio, César Charlone, que abre e encerra a mostra com um debate/bate-papo com o público após a projeção de seus filmes; um de Mauro Sarser e Marcela Matta; um de Daniella Speranza, e outro de Alvaro Brechner.   César Charlone, fotografo e cineasta uruguaio radicado no Brasil há alguns anos, atuou em filmes como o Jardineiro Fiel e Ensaio sobre a Cegueira, e apresenta “El Baño Del Papa” filmado em 2007, que relata o agitado cotidiano de uma pacata cidade fronteiriça entre Brasil e Uruguai ao receber a visita do Papa. No decorrer da trama se desenrola uma serie de anedotas da população que vê a possibilidade de faturar com o importante evento. E “Artigas, La Redota” de 2011, vencedor da mostra de cinema latino do Festival de Gramado em 2012.   Em “Artigas, La Redota”, César relata uma história passada em 1884, quando o governo uruguaio encomenda a um famoso pintor um retrato do libertador José Artigas, que liderou um exército popular no interior do país. O artista utiliza um esboço de 1811, realizado pelo espião espanhol Guzmán Larra para começar sua obra. Setenta anos antes, Larra havia sido contratado para acabar com a vida de Artigas e acabou testemunhando os anseios de seus oito mil companheiros. Os destinos desses três homens se cruzam, mudando a vida de cada um deles e do povo uruguaio.   Mauro Sarser (roteirista, ator e diretor) e Marcela Matta (produtora e diretora) estreiam na mostra com “Los Modernos”, de 2016. A comédia dramática é protagonizada pelo próprio Sarser, e conta os dilemas da vida moderna de seis “trintões” que devem escolher entre ser pais, realizar-se profissionalmente ou liberar-se sexualmente. Quando os dois diretores, Mauro e Marcela, tiveram claro que queriam filmar “Los Modernos”, não pensaram muito e com o pouco recurso adquirido mostraram ao mundo que é possível fazer um filme de qualidade e efeito.   Já o filme “Rambleras”, da diretora e roteirista Daniela Speranza, lançado em 2013, mostra como três mulheres de gerações diferentes e de distintas situações sociais podem aprender umas com as outras. Daniela, nascida em Montevidéu, iniciou sua carreira em 1987 ao receber uma bolsa de estudo da Escola Internacional de Cinema e TV de Santo Antônio de los Baños, em Cuba. Desde então vem trilhando uma exitosa carreira incluindo dois prêmios outorgados pela Prefeitura de Montevidéu com a produção de “Mala Racha”.   Álvaro Brechner, diretor, produtor e roteirista nascido em Montevidéu, vem com tudo na mostra ao exibir “Mal Día Para Pescar”, o primeiro longa-metragem do diretor que foi exibido em diversos festivais de prestígio como o de Cannes. O filme relata a história de um Campeão de Luta Livre, com a carreira estagnada, que junto a seu empresário buscam realizar exibições clandestinas do esporte em pequenas cidades. Mas os acontecimentos tomam um rumo inesperado e incontrolável para os protagonistas.   A mostra acontece no Instituto Cervantes localizado na avenida Paulista. A partir das 19h e a entrada é gratuita. Para quem curte cinema a seleção de filmes uruguaios é um prato cheio de cultura e originalidade.   Programação: Sessão de abertura: 21-8 – O Banheiro do Papa (El Baño del Papa) – com a presença do diretor, César Charlone, que participará de um debate/bate-papo com o público presente após a projeção.  Direção: César Charlone, Enrique Fernández/2007/90 minutos/ 10 anos 22-8 Rambleras Direção: Daniela Speranza/2014/93 minutos/livre   23-8 – Mau Dia para Pescar (Mal Día Para Pescar) Direção: Alvaro Brechner/ 2009/100 minutos/14 anos   24-8 – Os modernos (Los Modernos) Direção: Mauro Sarser / 2016/135 minutos/16 anos   25-8 Artigas, La Redota – com a presença do diretor, César Charlone, que participará de um debate/bate-papo com o público presente após a projeção. Direção: César Charlone/2011/108 min/livre Serviços: Mostra de Cinema Uruguai 2017 Onde: Instituo Cervantes São Paulo Quando: 21 a 25 de agosto A que horas: 19h as 22h Onde fica: Avenida Paulista, 2439 Quanto custa: é gratuito]]>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *