Uruguai valoriza a inclusão como destino friendly

destino friendly. Como mensagem da cidadania por defesa dos direitos humanos, especialmente pela busca da inclusão social e a igualdade de oportunidade, o Palácio Legislativo recebeu essa semana projeção com as cores do arco íris.   A intervenção, disponível até o fim do mês, busca conscientizar os uruguaios sobre a importância em lutar constantemente pela igualdade de direitos e respeito ao livre arbítrio de cada um. Além da mensagem à população, o governo homenageia os grandes nomes que fizeram e atuaram fortemente nas causas relacionadas ao tema.   Uruguai friendly   Nos últimos anos, o Uruguai tem se consolidado como destino friendly, onde os turistas encontram uma oferta especializada, serviços de qualidade e uma avançada legislação onde prima o respeito pela diversidade.   Cidades de charme, noites de diversão, arquitetura cativante, arte e cultura em todas as suas expressões, sofisticados hotéis e restaurantes, praias e natureza são algumas das opções de um país para conhecer, onde tudo fica perto.   A experiência de sentir o Uruguai se completa com uma gastronomia marcada pela “maridagem” das carnes mundialmente conhecidas e o Tannt, uma variedade de vinho que ganha prêmios internacionais.   Com uma vocação aberta e integradora, o Uruguai teve desde começos do século XX uma legislação avançada no reconhecimento dos direitos trabalhistas e sociais. Atualmente, este perfil se completa com a promulgação das leis de anti-discriminação, de mudança de sexo cadastral, de união concubinária, de adoção e de casamento igualitário.   Em abril de 2015, Montevidéu foi considerada a cidade mais amistosamente gay do continente, na frente de outros destinos como Buenos Aires, o Rio de Janeiro, Cidade do México e Guadalajara, segundo publicação especializada Sentido G.]]>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *