Iguazú Cataratas Argentina cria Calendário Natural

A natureza passa por mudanças constantes e foi pensando nisso, e em manter os visitantes informados, que a Iguazú Cataratas criou o Calendário Natural, que fala sobre as peculiaridades de cada mês e estação e o que fica mais evidente durante os passeios. Para ter acesso ao calendário que está disponível para todos, basta entrar no site: iguazuargentina.com, e já no topo, é possível visualizara aba Calendário Natural,onde consta mês a mês o que acontece em todo o ecossistema que faz do Parque Nacional del Iguazú, desde as espécies de plantas, animais e no rio, está tudo registrado para proporcionar um mergulho ainda mais intenso durante a visita e uma experiência única.

Com as informações disponíveis no calendário, o turista pode aproveitar melhor para observar as mudanças da natureza, como flores, aromas, espécies de animais e de acordo com cada mês, a visita vai sempre proporcionar um olhar novo sobre todo o ecossistema que faz parte de Iguazú. A cada novo dia, a cada nova estação a renovação da flora, o aumento da fauna, por todos os lados uma novidade, que apenas a natureza, em seu constante processo de desfazer-se e refazer-se consegue com perfeição.

Esses três últimos meses de 2019 são a época ideal para uma visita às Cataratas Argentinas. Logo as férias escolares começam, entram os recessos, e, porque não aproveitar esse período para um passeio inesquecível? Escolha o mês que mais agrada e aproveite esse período para visitar uma das 7 Maravilhas da Natureza em todo seu esplendor.

Cenário de Outubro

Um período normalmente mais úmido, que proporciona o clima e ambiente ideal para o crescimento de cogumelos e fungos necessários para a floresta. Muitos deles, são alimentos para algumas espécies de animais. A umidade, faz com que plantas que precisam dela para crescer fortes, comecem a aparecer.

O solo mais úmido, também facilita a alimentação de animais que buscam em raízes e pequenos insetos, como formigas, por exemplo, consigam alimento com mais abundância, como os famosos e simpáticos quatis, um dos ícones das Cataratas.

Cenário de Novembro

Os dias mais longos e temperaturas mais altas, favorecem as aparições da fauna e flora das novas gerações da floresta. Dois personagens ganham os holofotes no mês de novembro. É a Jerivá, uma palmeira típica de florestas tropicais e o guache, uma espécie de ave que depende dessa palmeira para fazer seu lar.

Com as palhas das folhas da Jerivá, o guache faz bolsões, que nada mais são do que seu estilo de ninho, que ficam dependurados, totalmente seguros e longe de predadores. A fêmea é quem constrói o ninho, ela é negra com as costas vermelhas e o macho, todo negro, ganha olhos azuis-celestes para seduzir a fêmea para reprodução.

Cenário de Dezembro

Um mês mais tranquilo, época em que todos os filhotes estão no período de aprendizado. Então é muito comum, ver famílias inteiras de mamíferos passeando com os pequenos membros da floresta para que os mesmos, se adaptem e aprendam o dia a dia de um lugar com tantas espécies diferentes, convivendo juntas e em harmonia.

Uma das árvores evidenciadas no mês de dezembro é a espinheira-santa, com características peculiares, desde flores coloridas até seu fruto de cor alaranjada, que dispersa as sementes facilmente, garantindo a sobrevivência da espécie.

As passarelas e cachoeiras são um espetáculo à parte em todos os meses do ano em Iguazú. A força e potência das águas, os arco-íris, fascinam todos os anos, nos mais distintos períodos turistas do mundo inteiro. A proximidade com as quedas, permite em alguns lugares ao visitante, ter a água ao alcance das mãos, promovendo um passeio inesquecível em qualquer época do ano.

Serviço

Parque Nacional do Iguazú – Cataratas de Iguazú

Telefones para informações:

Argentina: 0800 – 266 – Iguazu (4482) / Do exterior: +54 (011) 5258-7318

www.iguazuargentina.com / [email protected]

Puerto Iguazú – Misiones – Argentina

Horário de funcionamento: 8h às 18h, horário local Argentina (Inclusive Domingos e Feriados)

Para chegar, lembre-se sempre de portar carteira de motorista, ou identidade, ou passaporte dentro da validade. Existem inúmeras empresas de receptivos que fazem o transporte, além do transporte público. Se optar pelo veículo próprio, seguro carta verde é item obrigatório nos países do Mercosul.