Air Canada demitirá 60% dos colaboradores

A Air Canada anunciou a demissão de 20.000 de seus 38.000 funcionários em 7 de junho. Dessa forma representando quase 60% de sua força de trabalho. Demissões se devem  queda da atividade gerada pela pandemia de coronavírus.

A Air Canada, a maior companhia aérea canadense mantém 225 aeronaves no solo, planeja demitir um mínimo de 19.000 trabalhadores e até 22.800, de acordo com a The Canadian Press. O plano de custos aplicado em março já levou à demissão de quase metade da força de trabalho e apenas 16.500 trabalhadores foram restabelecidos.

“Portanto, hoje tomamos uma decisão muito difícil e vamos reduzir significativamente nossas operações para nos ajustar às previsões, o que infelizmente implica em reduzir nossa equipe entre 50 e 60%”, explicou a própria companhia aérea em um comunicado.

A Air Canada também proporá aos comissários de bordo que reduzam seus turnos, licença de até dois anos e incentivos de viagem em caso de licença voluntária, de acordo com um boletim interno enviado quinta-feira ao Sindicato Canadense de Trabalhadores do Setor Público.

A Air Canada, conforme informou que em junho retomará os vôos para Cuba, México e Jamaica, que foram cancelados devido à pandemia de coronavírus. A companhia aérea não especificou o dia exato, mas detalhou que retomará as operações no próximo mês em Varadero, Cayo Coco, Cancun, Barbados, Montego Bay, Paris, Atenas e Barcelona.

Esse fato estimula o otimismo de que o turismo no Caribe será reativado, lembramos que para o Caribe o mercado canadense e a Air Canada são prioritários, em contraste com o que foi declarado pelo secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steve Mnuchin, que convidou seus compatriotas a planejar suas próximas férias em seu país, uma vez que em dúvida a reativação de vôos internacionais para o futuro próximo.

 

Conheça o visto para o Canadá

 

Se você pertencer a um país ou território cujos cidadãos necessitam de visto para entrar no Canadá, você vai precisar de Visto de Trânsito se planeja viajar através do Canadá para outro país.

O Visto de Trânsito para o Canadá é exigido quando o voo de origem e de destino a outro país fizer conexão e/ou escala no Canadá por um período inferior a 48 horas, após esse período, é necessário o visto de visitante (residente temporário).

O Consulado Geral do Canadá em São Paulo processa pedidos de visto para cidadãos do Brasil e pessoas legalmente admitidas no Brasil.

Para obter um Visto de Trânsito, deverão ser fornecidas informações específicas sobre o seu itinerário de viagem. O procedimento para se obter o Visto de Trânsito é idêntico ao do Visto de Visitante (residente temporário), tem validade de até 02 anos para a viagem de retorno via Canadá. É recomendável que você faça o seu pedido de visto com pelo menos um mês de antecedência de sua viagem.

Informações completas sobre vistos para o Canadá estão disponíveis no site www.brasil.gc.ca