Transamérica Comandatuba reabre dia 25 oferecendo confiança e carinho

A confiança e carinho com os clientes serão grandes apostas do turismo doméstico, e alguns empreendimentos já saem na frente neste quesito. Após meses de clausura, os brasileiros estarão cheios de vontade de tirar o pijama e colocar o pé na estrada. As opções de turismo local serão muitas, mas o que vai realmente fazer sentido para o viajante é estar em um lugar que lhe ofereça experiências de liberdade, segurança e afeto familiar. Para uma retomada de atividade no setor, resorts apostam numa rotina pesada de higiene e limpeza, mas outros vão muito além: oferecem amor e confiança.
No melhor exemplo, está o Transamerica Resort Comandatuba, que volta às suas atividades a partir de 25 de julho. Em uma ilha paradisíaca no sul da Bahia, o famoso resort adotará um rigoroso protocolo de operação que visa reabrir as portas do oásis baiano com uma boa dose de segurança. As capacidades de ocupação foram reduzidas no momento de reabertura, e terão retomada gradual posteriormente, para receber os clientes com ainda mais exclusividade. Antes da data de abertura, todos os colaboradores do hotel que irão atuar na retomada, inclusive terceiros, passarão pela testagem RT-PCR molecular, o famoso teste do cotonete, que atestará se o colaborador está ou já teve contato com o novo coronavírus. Funcionários que testarem positivo sintomático serão afastados em quarentena e repetirão o teste antes de voltarem para suas funções.

Antes mesmo da chegada de cada cliente no resort, é possível perceber a preocupação do hotel em manter asséptico absolutamente todos os pontos possíveis de contato com o cliente. Para quem vem por vias aeroportuárias na cidade de Ilhéus, o hotel continua oferecendo serviço de transfers em vans executivas, que tiveram a ocupação reduzida e são esterilizadas antes do trajeto, de aproximadamente 1 hora até o resort. Todas as equipes de atendimento receberão EPIs específicos para atuar junto ao cliente, até mesmo os motoristas. As malas que vem do avião serão esterilizadas antes da equipe colocá-las no transfer, e novamente higienizadas ao chegar no resort, antes de seguirem para os quartos. A balsa e o famoso trenzinho que leva os clientes do píer até a recepção também serão esterilizadas antes e após utilização pelos clientes

A pandemia adicionou um acessório “must have” na vida dos brasileiros: as máscaras! Dentro do resort o uso do acessório será obrigatório em todas as áreas comuns, e o próprio hotel irá oferecer as peças aos clientes que vierem desprevenidos. Os quartos, agora sem ornamentos e lacrados após cada saída, só recebem um novo cliente 24h após esterilização adequada, com produtos de limpeza certificados pela ANVISA e recomendados pela OMS. Até mesmo o ar condicionado do resort recebeu um produto específico de limpeza que garante a prevenção de propagação de partículas nocivas. Aos que preferirem, o hotel também disponibilizará ventiladores portáteis para os quartos.

As novas regras valem também para todos os restaurantes, que ainda deverão operar no tradicional modelo all inclusive, mas com pratos à la carte e mesas com 2 metros de distância entre si. Os serviços de buffet serão evitados, mas, havendo a necessidade, o buffet assistido será a aposta do resort: com funcionários do hotel servindo os clientes para que hóspedes sem EPIs não tenham contato com as comidas. E no meio de tudo isso, uma novidade bacana: Agora o hóspede poderá pedir ao chef o que quiser comer em um espaço de “demo cooking”, onde o cozinheiro irá preparar a refeição na hora. Haverá, claro, uma proteção de acrílico entre ele e o hóspede para não haver risco de contaminação.

Os cuidados sanitários são incontáveis e um ponto importantíssimo para ressalto é que o resort é um dos empreendimentos brasileiros que receberá a certificação imparcial da Bureau Veritas com o selo Safeguard, que atesta que o hotel prevê e garante segurança à hóspedes e colaboradores tomando medidas específicas na prevenção de propagação do novo coronavírus.

 

C.Turismo

[email protected]