Estudo internacional atesta para a segurança nas cabines da GOL

Estudo divulgado pela Boeing e pela IATA (Associação Internacional de Transportes Aéreos, em português) neste mês de outubro de 2020 comprova que as cabines das aeronaves da GOL e das principais companhias aéreas do mundo são altamente seguras para os Clientes que viajam neste período de pandemia. Os resultados atestam uma ótima qualidade do ar por meio de um processo de filtragem eficiente, aspecto que, associado a sistemas e protocolos de limpeza rigorosos e ao uso de máscaras, garante ao passageiro uma viagem tranquila, com baixo risco de contaminação pela Covid-19.

Utilizando uma simulação computadorizada matemática de fluxos (CFD, em inglês), os pesquisadores da Boeing conseguiram demonstrar que a exposição a partículas é mínima em comparação com outros ambientes fechados. Foram mapeadas como as partículas se espalham em diversos ambientes em diferentes condições (tossindo, com e sem máscara, como exemplos) e, com o modelo de dispersão construído, considerando como o ar circula e é renovado nas cabines, o aplicaram em outros ambientes, como escritórios, casas e aeroportos.

A conclusão da fabricante americana é que, com base na contagem de partículas ao comparar estes ambientes, sentar-se próximo a outro passageiro na aeronave é o mesmo do que estar a 2 metros de distância em um ambiente regular comum, com o uso de máscaras. O ar dentro da aeronave é de alto grau de pureza com a utilização do filtro HEPA, que remove praticamente todas as partículas nocivas do ar, como vírus, bactérias, alérgenos, sujeiras e outros.

Todas as aeronaves Boeing da GOL são equipadas com este sistema de filtro de alta eficiência, que promove a troca total do ar de toda a cabine a cada 3 minutos. Ele retém 99,97% das partículas nocivas em todo o avião, circulando uma mistura do ar puro com o ar recirculado da cabine, que é filtrado. Existe também uma válvula que devolve ar para fora da aeronave, o que garante a recirculação e renovação constantes.

Ainda com relação ao HEPA, os aspectos que contribuem para a Segurança do ambiente são o movimento do ar, que flui verticalmente de cima para baixo, tornando menos provável a circulação entre os passageiros e a divisão das cabines em segmentos de ventilação que variam entre três e sete fileiras de assentos, ou seja, o ar que respiramos na aeronave não é compartilhado entre todos a bordo. Em detalhes, o funcionamento pode ser conferido nesta animação: http://tiny.cc/pibksz

Primeira Companhia aérea brasileira a solicitar o uso de máscaras aos Clientes (desde 10 de maio de 2020), a GOL tornou esta medida obrigatória para todos, exceto crianças com menos de 2 anos e pessoas com necessidades especiais ou deficiência cognitiva, que são orientados caso a caso. No caso dos tripulantes, além das máscaras, a equipe também é orientada a utilizar luvas sempre que houver qualquer possibilidade de contato físico com outras pessoas, tanto a bordo quanto durante os procedimentos de embarque e o desembarque. Ainda nas aeronaves, há álcool em gel à disposição para a higienização das mãos.

“Os resultados do estudo da Boeing endossam as medidas já adotadas pela GOL e nos dão ainda mais confiança que a experiência de voar é altamente segura inclusive em tempos de pandemia. Ainda assim seguimos com foco e prioridade no aprimoramento dos procedimentos e protocolos relacionados ao momento que atravessamos. Segurança sempre foi se sempre será o valor número 1 da Companhia”, afirma Paulo Kakinoff, diretor presidente da GOL Linhas Aéreas.

Segurança para a viagem atestada

Em parceria com a Universidade do Arizona, a Boeing também comprovou recentemente que a limpeza realizada com desinfetantes químicos de grau hospitalar é eficaz em eliminar contaminantes como a Covid-19.

A GOL, que segue as recomendações dos órgãos de Segurança e da Boeing, aprimorou o processo de sanitização noturna para as galerias de serviço e todas as áreas de uso interno na cabine, incluindo a dos pilotos. As medidas adicionais de limpeza e higienização dos aviões acontecem durante as paradas em solo e pernoites, com atenção redobrada aos assentos e braços das poltronas, cintos de segurança, bandejas, piso e paredes.

Este trabalho reflete no desempenho: ao longo de todo este ano de 2020, ainda segundo a IATA, apenas 44 casos de potencial contaminação em voo foram reportados, em 27,3 milhões de passageiros transportados (os dados utilizados são apenas de estudos confirmados por pares, método padrão em ciência). O índice é significativamente mais baixo do que uma experiência comum diária, o que reforça a importância e a qualidade das ações tomadas pela fabricante e pelas empresas aéreas.

Inovação constante para o Cliente

Voando com a GOL, o cuidado com a Segurança -valor número 1- o Cliente tem acesso a inovações que refletem o pioneirismo e o investimento contínuo e permanente em produtos e serviços que melhorem a experiência, otimizando o tempo.

Pelo celular ou tablet é possível realizar absolutamente todas as etapas da viagem. Isso inclui a compra da passagem, o check-in e o próprio embarque. Incentivamos o uso dos canais digitais, mas se por algum motivo não for possível, todas as medidas de Segurança foram tomadas também para o atendimento presencial.

A Companhia lançou, em julho, o check-in diretamente no WhatsApp, também por um fluxo simplificado, orientado pela GAL, assistente virtual, com comunicações personalizadas para Clientes selecionados com viagens próximas, que ainda não realizaram a confirmação, colaborando para evitar aglomerações.

Medidas extraordinárias foram adotadas a favor dos Clientes e dos Colaboradores, começando pelos aeroportos, como distanciamento nas filas, incorporação de proteções de acrílico no check-in, desligamento de totens e uso de adesivos para demarcar a distância mínima durante o processo de embarque e também a bordo, além do fechamento da sala VIP dos aeroportos. A IATA ressalta que estas ações e barreiras contribuem ainda mais para o raro registro de baixa contaminação em voos.

Por outro lado, vale lembrar que as novas medidas de Segurança aumentam o tempo de deslocamento no embarque. Com isso, a GOL solicita aos Clientes que façam o check-in online/via aplicativo com 48 horas de antecedência (até o limite de 1 hora) antes do voo. Se mesmo assim precisar ir ao balcão, inclusive para despachar mala, antecipamos a liberação ao passageiro para 3 horas antes do embarque, encerrando o processo até 1 hora antes da abertura do portão.

O uso do entretenimento a bordo na GOL é feito no próprio smartphone, tablet ou laptop, sem necessidade de toque em telas coletivas.

Desde o início de junho de 2020, a Companhia vem retomando, gradualmente, o serviço de bordo, com snacks (entregues no desembarque) e água sob demanda ao longo de todo o voo. Não há neste momento as vendas a bordo. As revistas foram retiradas dos bolsões e agora são entregues sob demanda, embaladas individualmente, sugerindo aos passageiros que as levem para casa após o voo.

Durante o desembarque, os comissários solicitam que todos os Clientes permaneçam sentados e organizam a saída por fileiras, começando pelas poltronas dianteiras, e seguindo em direção ao fundo da aeronave. Essa medida elimina a aglomeração natural que acontece no momento da saída.

A Segurança com cada um que viaja, interage e trabalha na GOL está sempre em constante evolução e atenção. Ela sempre foi essencial, e agora, mais do que nunca, exige cuidado especial. E a Companhia reforça seu compromisso com os Clientes: http://youtu.be/2nowM5-rOBk

C.Turismo

[email protected]