Grand Hyatt São Paulo promove 4ª edição do Chef’s Table

Em uma conexão perfeita entre Amazonas, São Paulo e Bahia, a 4ª edição do Grand Taste – Chef’s Table trará para o Grand Hyatt São Paulo nos dias 4 e 5 de dezembro dois jantares repletos de sabores do Brasil. Quem assinará os cardápios da vez são os chefs convidados Pedro Siqueira, Felipe Schaedler, do restaurante Banzeiro, e Fabrício Lemos, do Origens. Já a criação da sobremesa, ficará a cargo da chef confeiteira Lisiane Arouca.

Com um menu contemporâneo de cinco tempos e para um número limitado de pessoas, os especialistas criarão pratos como atum com farofa de cuscuz, camarão, baião de dois, caldo de lambreta com cúrcuma, língua de vaca e muitos outros, em duas noites cheias de sabor, aroma e muitas sensações com o toque especial de cada chef.

O Chef´s Table já está à venda pelo site pacotes Hyatt e acontece a partir das 19h30, no Espaço EAU. O valor do jantar em cinco etapas é de R$ 180 reais por pessoa.

Durante o jantar será respeitado o distanciamento social e tomadas todas as medidas de segurança já aplicadas pela rede globalmente para preservar a saúde de hóspedes, visitantes e colaboradores.

Datas: Sexta, 4 de dezembro e sábado, 5 de dezembro

Horário: 19h30

Local: Espaço EAU Grand Hyatt São Paulo

Endereço: Av. das Nações Unidas, 13301 – Itaim Bibi

Valor: R$ 180 por pessoa

Lugares limitados devido ao distanciamento social

Perfil Chef Pedro Siqueira

Dono dos restaurantes Puro e Massa e da pizzaria Ella, Pedro Siqueira tomou gosto pela gastronomia ainda na infância. Com formação baseada na culinária francesa, o chef tem um currículo vasto, tendo passado por restaurantes renomados como Dom, de Alex Atala, Eau, com o chefe Pascal Valero, e Taillevent, três estrelas Michelin localizado em Paris. Natural de São Paulo, foi apresentado à Cidade Maravilhosa – de onde nunca mais saiu -, pelo chef Erick Jacquin. No Rio de Janeiro, foi sous chef de Luca Gozzane no Fasano Al Mare.
A marca registrada na cozinha de Pedro Siqueira é a criação de receitas com inspiração caseira, que traduzem e valorizam a verdadeira gastronomia, preparadas preferencialmente com ingredientes frescos e orgânicos, comprados diretamente de produtores locais.
Perfil Chef Felipe Schaedler

Nascido em Santa Catarina, Felipe Schaedler se mudou com a família para o interior do Amazonas aos 15 anos. Dois anos depois, já em Manaus, abandonou o projeto de estudar direito para fazer um curso de gastronomia. Decidiu se dedicar à cozinha local e a explorar os sabores (e saberes) da floresta, se tornando a maior referência de sua geração na culinária da Amazônia.
Seu primeiro restaurante, Banzeiro, aberto em 2009, ajudou a projetar a cozinha do estado em território nacional e foi laureado em prêmios de grande relevância, como Veja Manaus Comer & Beber e os Melhores do Ano da revista Prazeres da Mesa. Inaugurado em 2016, o Moquém do Banzeiro também foi premiado no especial pela Veja Manaus Comer & Beber, o mesmo que elegeu Felipe Schaedler o chef do ano três vezes consecutivas (de 2011 a 2013).

Em 2014, Schaedler foi eleito pela revista Forbes um dos 30 brasileiros com menos de 30 anos mais influentes. Em agosto de 2019, o chef levou para São Paulo uma filial do Banzeiro, onde apresenta seu olhar para a cozinha do Amazonas. Em 2020 o Banzeiro de São Paulo foi elencado na seleta lista de Bib Gourmand do Guia Michelin. Schaedler desenvolve, junto a produtores, uma intensa pesquisa de ingredientes nativos, como os cogumelos cultivados por tribos Yanomami, formigas saúvas – que chegam de São Gabriel da Cachoeira, a 850 quilômetros de Manaus -, tubérculos rústicos, flores comestíveis e frutas locais.

Perfil Chef Fabrício Lemos

Natural de Salvador, Fabrício Lemos morou 14 anos nos Estados Unidos, onde se formou pela renomada escola de gastronomia francesa Le Cordon Bleu. Durante o período em que morou no exterior, trabalhou em restaurantes da luxuosa rede de hotéis The Ritz-Carlton – Key Biscayne, Coconut Grove e Amelia Island, na Florida -, acumulando larga experiência nas culinárias mediterrânea, italiana, francesa e espanhola.
Dentre diversos prêmios, destacam-se: Chef Revelação do Brasil e de Melhor Restaurante do Nordeste para o Amado pela Revista Prazeres da Mesa. Em 2017, foi novamente escolhido Chef do Ano pela Revista Veja Comer & Beber Salvador, dessa vez pelo trabalho autoral no Restaurante Origem. A casa também foi a escolhida em três categorias da premiação em 2018: Melhor da Cidade, Melhor Variado/Contemporâneo e Chef do Ano. No ano seguinte, repetiu o feito, ganhando novamente os três prêmios, além do de Restaurante Revelação para o Ori, segunda casa do chef, aberta em 2018.

Perfil Chef Lisiane Arouca

Nascida em Salvador, Lisiane trabalhou em diversos restaurantes de sua cidade natal como chef confeiteira, assinando os cardápios de sobremesas, foi sócia proprietária do 4Chef’s, empresa especializada em confeitaria personalizada, por quatro anos. Em 2016, abriu o Origem em sociedade com o chef Fabrício Lemos, seu marido. O casal abriu sua segunda casa em Salvador, o Ori, com conceito mais casual, em dezembro de 2018. Já em janeiro de 2020, a dupla de chefs inaugurou o Mini-bar Gem. Lisiane Arouca foi eleita melhor chef-pâtissière do Brasil em 2019 pelo prêmio Melhores do Ano, da revista especializada Prazeres da Mesa .

C.Turismo

[email protected]