Grupo diRoma inaugura su 14º hotel

O turismo é um setor enorme que depende da performance de suas partes para que a cadeia funciona de forma a beneficiar todos. Com confiança na vacinação que avança entre a população jovem nos estados, a aposta do mercado é numa euforia do público com a possibilidade de realizar viagens mais longas ainda este ano, contando que os calendários vacinais sejam cumpridos para que a previsão de uma grande parte da população esteja totalmente imunizada até dezembro.

Há um esforço mês a mês para recuperar a tração no movimento de hotéis e meios de hospedagem. Para a rede diRoma, as projeções vêm sendo alinhadas com o que exigem os decretos municipais de Caldas Novas e, segundo divulgado pela administração do Grupo diRoma, o público tem se mostrado receptivo. “Na temporada de férias de julho deste ano só podíamos ocupar 75% das unidades, cumprindo o decreto municipal. Assim, fizemos um trabalho e uma previsão para atingir pelo menos 68%, tendo em conta que até o dia 10 a ocupação é sempre menor. Tivemos uma variação entre 50 e 70% nas empresas do Grupo diRoma”, revela Aparecido Sparapani, Superintendente do grupo que administra 13 opções de hospedagem, o diRoma Acqua Park e outros equipamentos turísticos na cidade considerada a capital das águas termais.

Com muitas companhias aéreas e viações terrestres retomando as viagens para todos os destinos de antes da pandemia, ainda que com menos rotas, e o ótimo desempenho dos hotéis e parques da rede na retomada mais significativa às atividades no segundo semestre de 2020, a expectativa do diRoma é que nos próximos feriados a ocupação acompanhe o decreto municipal, embora Sparapani revele que, havendo um aumento no percentual permitido, estão preparados para atender clientes de última hora.

Um olhar para o futuro com investimentos no turismo familiar

Mesmo com atrasos totalmente justificáveis por conta dos períodos de maior restrição que marcaram 2020, os projetos de expansão e melhorias no diRoma caminharam. O grupo se esmera para que em dezembro do próximo ano o Thermas diRoma abra para os turistas seu novo bloco de apartamentos e que a rede Caldense ganhe mais um hotel com inspirações luxuosas para atrair ainda mais público à Caldas Novas. Com a abertura do hotel Spazzio diRoma e o bloco do Thermas a rede somará 315 e 119 apartamentos, respectivamente, ao total de apartamentos que administra na cidade (3.828) passando a ter 4.262 em seu portifólio.

Na fase de melhorias, coube também a atualização do primogênito do Grupo diRoma. O projeto para um retrofit no Hotel Roma está em fase inicial de execução. Na reforma estão previstas troca dos telhados dos blocos de apartamentos, por exemplo. A finalização da obra, que terá várias fases ainda não divulgadas, está marcada para maio de 2022.

Responsável por um em cada dez empregos no mundo em 2019 (Relatório de Impacto Econômico do Conselho Mundial de Viagem e Turismo de 2020), o turismo é uma potência que alimenta prioritariamente a economia de muitos locais. Em Caldas Novas, a realidade era exatamente essa até 2020, por isso, a expectativa é também para que no mês de dezembro essa situação possa ser normalizada. “Já atingimos 90% do quadro de pessoal que tínhamos antes da pandemia, acredito que para a temporada das férias de fim de ano, quando teremos também os festejos do Natal e Réveillon, devemos fazer as demais contratações”, afirma Aparecido Sparapani.

 

C.Turismo

colunadeturismo@gmail.com