Azul aumenta oferta e terá voos diários para Portugal

O anúncio da reabertura de Portugal para brasileiros sem a necessidade de quarentena provocou um aumento na procura por passagens aéreas e as emissões de bilhetes para o país lusitano mais que duplicaram neste mês se comparado com agosto. Em função disso, a Azul já iniciou a venda de voos extras para Lisboa a partir de outubro, chegando a cinco ligações semanais entre Brasil e Portugal.
A expectativa da empresa é realizar um novo incremento da oferta em dezembro, com a operação de um voo diário entre Campinas, maior centro de conexões de voos da companhia, e a capital portuguesa.
“Os voos extras já em outubro são uma resposta rápida que estamos dando ao aumento da procura e das vendas de viagens para Portugal desde a flexibilização das regras de entrada no país. Nos próximos dois meses, faremos inclusões pontuais à oferta que já tínhamos, mas, confiantes na consolidação da demanda e na manutenção das atuais regras, estamos planejando um voo diário entre nosso maior hub e Lisboa em dezembro. Portugal é um destino importante para a Azul e oferece comodidade ao nosso Cliente, que embarca de Campinas em um voo direto para a Europa. Estamos animados com esse início da retomada internacional”, conta Vitor Silva, gerente de planejamento de malha da Azul.
Para entrar no país, os turistas devem apresentar o Certificado Digital Covid da União Europeia, comprovativo de realização do teste laboratorial RT-PCR ou teste rápido de antígeno com resultado negativo, realizado nas 72 ou 48 horas que antecedem o embarque (o prazo varia de acordo com o tipo de teste). A lista de testes rápidos aprovados pelo Comitê de Segurança da Saúde da União Europeia pode ser consultada no site da companhia, pelo link - https://www.voeazul.com.br/nova-forma-de-viajar.

Além do conforto dos voos diretos entre Viracopos e Lisboa, os Clientes Azul também poderão acessar outros destinos da Europa que já estejam liberados para a entrada de turistas brasileiros por meio do acordo de Codeshare que a companhia detém com a TAP Air Portugal.

Confira como será a evolução da malha da Azul para Portugal:

C.Turismo

colunadeturismo@gmail.com