Veja lista das aéreas com maior prejuízo em 2020

As grandes companhias aéreas listadas na Europa, Ásia (exceto China) e América do Norte terão um déficit de 56,540 bilhões de euros em 2020, em comparação com os lucros agregados de 16,545 bilhões em 2019, sendo quê a American Airlines a que mais perderá, de acordo com o Consenso da FacSet, com 7,853 bilhões.

É seguida de perto pela Air France-KLM (-6,868 bilhões), United (-6,886 bilhões), Lufthansa (-6,099 bilhões), Delta (-5,175 bilhões) e IAG, empresa-mãe da Iberia and British (-4,585 bilhões). A mais importante associação internacional de companhias aéreas do setor (IATA), segundo El Economista, indicou que a Europa será a região mais afetada em 2020 e 2021.

Assim, calcula-se que as perdas das companhias aéreas do Velho Continente atinjam 11,900 bilhões de dólares (9,710 bilhões de euros), liderando o ranking mundial, e espera-se que o crescimento do negócio (medido em receitas por passageiros transportados) seja de 45 , 7%, atrás da Ásia Pacífico (+ 50%) e da América do Norte (+ 60,5%), depois de ter registrado o pior desempenho com uma queda de 70% em 2020.

Entre os resorts focados em jogos de azar e entretenimento, as perdas serão lideradas por MGM Resorts (-1.541 bilhão), WYNN Resort (-1,662 bilhão) ou Las Vegas Sands, que fecharão com um déficit de 1,300 bilhão.

C.Turismo

colunadeturismo@gmail.com