Circuito Vale Europeu Catarinense traz rota da cachaça, visitação em vinícolas e cervejarias, além da gastronomia típica

Santa Catarina é muito conhecida pelas festas típicas de outubro. Depois de dois anos, os eventos serão novamente realizados e, com isso, muitos turistas chegam à região. Para quem quer aproveitar a viagem e conhecer a cultura além do chope, curtindo turismo de experiência, as 12 cidades do Vale Europeu Catarinense possuem uma grande carga cultural que foi cultivada pelos descendentes dos colonizadores e pode ser vista por todos os lados até os dias atuais. Quando falamos sobre bebidas, são opções de visitação em vinícolas e cervejarias, e até a rota da cachaça. A gastronomia típica alemã também está presente em diversos passeios.

Para quem aprecia uma boa bebida, em Luiz Alves, há a Rota da Cachaça. São 10 alambiques espalhados por diversos bairros do município que, desde 2018, tem o título de Terra da Cachaça. O passeio leva os turistas a conhecerem as paisagens rurais, acompanharem de perto a produção da bebida com a oportunidade de degustação e a compra dos produtos.

Outra alternativa muito procurada pelos apreciadores de cerveja são as visitações às cervejarias artesanais do Vale Europeu Catarinense. Em Timbó, é possível visitar a PillRed Cervejaria, Cervejaria Borck, Berghain Cervejaria, Empório Buggio Bier e a Casa da Cerveja. Em Indaial, a Wienhage BrewShop, Cervejaria Belgard e o Empório Gália. Já em Guabiruba, tem a Cervejaria Kiezen Ruw. Algumas fábricas recebem os visitantes com apresentação técnica do processo de fabricação, visita à área de produção e degustação dos seus diversos tipos de cerveja.

Já em Pomerode, é possível visitar Cervejaria Schornstein e também passear pela Rota Enxaimel, que permite conhecer aspectos da cultura alemã de forma mais profunda, com construções características, além da beleza da natureza vista pelo caminho. Para os amantes de vinhos, há opções também em Ascurra, como a Vinícola Castelli Mondini e, em Rodeio, a Vinícola San Michele.

Viagem gastronômica pela cultura ítalo-germânica

A gastronomia também não pode ficar de fora dos passeios. Nas cidades do Vale Europeu Catarinense, as comidas ítalo-germânicas se apresentam em diversos restaurantes de forma muito rica culturalmente, saborosa e diversificada. A região é conhecida pela diversidade de embutidos, queijos, laticínios e chocolates. A viagem gastronômica segue com os tradicionais cafés coloniais com pães, cucas, tortas e bolos confeitados. Tem ainda a influência germânica em pratos como o marreco recheado acompanhado de repolho roxo com purê de maçã, o Eisbein, o Schlachtplatte, e o delicioso Apfelstrudel.

Como aproveitar as opções do Circuito Vale Europeu Catarinense? 

O Circuito Vale Europeu Catarinense está localizado no Médio Vale do Itajaí e é formado pelos municípios de Apiúna, Ascurra, Benedito Novo, Botuverá, Doutor Pedrinho, Guabiruba, Indaial, Luiz Alves, Pomerode, Rio dos Cedros, Rodeio e Timbó, que fazem parte do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (CIMVI). É conhecido pelos famosos circuitos de clicloturismo e caminhante, que foram criados há mais de 15 anos e atraem visitantes de todos os cantos do Brasil e, até mesmo, de outros países. Para saber mais sobre as opções de passeios acesse o site ou entre em contato pelo WhatsApp (47) 3308-2363.

C.Turismo

colunadeturismo@gmail.com