Aviva elege novo conselho de administração para atual fase de expansão

Alessandro Cunha, CEO da Aviva, plataforma de entretenimento detentora do Hot Park – um dos melhores e mais visitados parques aquáticos do mundo – e dos dois maiores resorts do Brasil, Costa do Sauípe (BA) e Rio Quente Resorts (GO), anunciou, nesta semana, a definição, por parte das acionistas da empresa, Algar e FLC, do seu novo conselho de administração formado por conselheiros independentes e indicados dos acionistas.

Formado por três membros efetivos, Claudia Woods, Alexandre Moshe e Paulo Miranda, e um suplente, Sandoval Martins, o novo conselho independente é apresentado à Aviva no mês em que o Rio Quente Resorts – que deu origem, em 1964, à gigante do Turismo e Entretenimento do Brasil – completa 60 anos.

A formação atual do novo conselho tomou posse em 11 de março de 2024 e, junto aos acionistas e comitê executivo da empresa, acompanhará o desenvolvimento do arrojado plano de crescimento com investimentos previstos de 1,2 bilhão até 2028. Entre os marcos principais, estão a renovação completa dos ativos Costa do Sauípe e Rio Quente Resorts e a tematização em lands com storytelling do Hot Park, em Rio Quente. O maior deles, com investimento de R$ 350 milhões, será o lançamento do Hot Park Baía das Tartarugas – parque aquático na Costa do Sauípe que deve gerar uma terceira onda de desenvolvimento no litoral norte da Bahia. Uma nova unidade de negócios para lançamento de empreendimentos imobiliários, como a multipropriedade, entre outros projetos, está em andamento.

“Um conselho de administração com membros independentes é essencial, pois oferece perspectivas que garantem a autonomia e acelera o desenvolvimento e o alinhamento das ações corporativas com os objetivos de longo prazo da Aviva”, afirma o CEO, Alessandro Cunha.

Membros do novo Conselho de Administração da Aviva

A nova presidente do conselho é Claudia Woods, CEO da WeWork na América Latina, que tem formação em economia nos Estados Unidos pela Bowdoin College e mestrado em marketing pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de certificação em Harvard. Claudia já presidiu empresas como Uber e Webmotors, além de ocupar cargos de alta gestão no Banco Original e Walmart.

“Minha trajetória passa por grandes inovações que transformaram as relações de trabalho e a mobilidade urbana no mundo. A Aviva também é sinônimo de inovação, maior player de turismo e entretenimento do país. É um privilégio presidir o conselho independente da Aviva nesse novo ciclo de desenvolvimento e de grandes investimentos que vão ditar novas tendências para o segmento”, Claudia celebra.

Alexandre Moshe é o novo vice-presidente do conselho e já presidiu Decolar e Alloha e foi diretor na Livelo, Multiplus e Vivo. Sua formação inclui Universidade da California, ESPM, FGV, Esade e INSEAD. Formado em Administração pela University of Minnesota – Carlson School of Management, Paulo Miranda completa o novo trio independente. Ele é vice-presidente executivo e CXO da Latam e passou pela diretoria de outras companhias aéreas, como Gol, Delta e Northwest Airlines.

Como suplente independente, Sandoval Martins formado pela PUC/SP e com especializações na Business School São Paulo, University of Toronto, Babson College e MIT Sloan School of Management com passagem na gestão de empresas como Gol, Multiplus e Buscapé e Banco Original.

O novo time se soma a integrantes indicados pelas empresas acionistas da Aviva. A FLC é representada por Francisco Costa Neto, ex-CEO da Aviva, com passagens pelo Banco Garantia, Manasa, Beta e Resid, e Humberto Maciel, com larga experiência nos segmentos de investimentos e engenharia. Flavio Monteiro, que tem Grupo Real, Tibúrcio e Freitas Advogados em sua trajetória profissional, é o conselheiro suplente da FLC. A Algar tem duas novas indicações no conselho. Silvio Genesini foi conselheiro de várias empresas, além da atuação na Accenture, Oracle e Estadão, e Eliane Garcia tem profunda experiência em bancos como Itaú e Banco Nacional. Luiz Alexandre Garcia, que atuou no Banco Mundial, Ericson e Bull continua como suplente indicado pela acionista.

As empresas acionistas comemoraram a decisão. “Demos o último passo na governança do maior conglomerado de turismo e entretenimento do Brasil, elegendo a maioria de membros independentes e lhes dando plena autonomia para a gestão de expansão da Aviva. As profundas experiências em outras grandes organizações certamente ajudarão a elevar a performance historicamente consistente da Aviva para outro patamar. Será um privilégio conviver e aprender com este novo conselho”, afirma Francisco Neto, da FLC.

Eliane Garcia, da Algar, complementa: “É um privilégio participar de um grupo tão seleto como este e contribuir ativamente para o crescimento da nossa Aviva. Estou muito motivada para essa nova fase.”

 

O conselho trabalhará junto com o comitê executivo da Aviva, chamado de F3 – traduzindo o propósito da empresa “Fazer Famílias Felizes” – e composto por:

  • Alessandro Cunha, CEO;
  • Paulo Schneider, Diretor de Operações;
  • Thiago Queiroz, Diretor Administrativo-Financeiro;
  • Edson Cândido, Diretor de Marketing e Vendas;
  • Filippo Masello, Diretor de Estratégia e Novos Negócios;
  • Bruna Apolinário, Diretora de Fidelização;
  • Laini de Melo, gerente geral de Talentos Humanos;
  • Christian Rocha, gerente geral de Tecnologia;
  • Edman Aquino, gerente de Estratégia e Inovação.